terça-feira, 11 de abril de 2017
9

[RESENHA] Borborema - Letícia Godoy

Lido em: Abril/2017
Título: Borborema
Autor(a): Letícia Godoy
Editora: Arwen
Gênero: Literatura nacional / Romance
Ano: 2016
Páginas: 346
ISBN: 9788568255766
Onde comprar: Arwen Books
Skoob



Sinopse: Annabel é uma mulher fria e calculista, que fugiu do seu passado para a cidade grande e construiu uma vida "segura" e invejada por muitos. Sua intenção era nunca mais olhar para trás, porém um telefonema muda tudo e a obriga a voltar à Borborema, a fazenda de sua família.
Lá, ela terá que enfrentar muito mais do que inicialmente havia imaginado. Conflitos familiares, medos particulares, um assassinato que de alguma forma pode estar relacionado a ela e um homem que promete abalar as estruturas nada firmes de seu ser. 

Biografia: Letícia Maria de Godoy nasceu em 13 de fevereiro de 1994 na cidade de Curitiba, no Paraná, porém cresceu em Siqueira Campos, onde descobriu, sentada sob as sombras da casa onde morava, o seu gosto pela leitura. Aprendeu a ler e escrever aos 4 anos de idade, tendo como primeira professora sua mãe, e aos 8 anos começou a escrever seus primeiros contos em restos de cadernos escolares. Desde então, nunca mais parou. Aos 17 anos passou no vestibular para ingressar na faculdade de Letras, um sonho que se tornou realidade. Aos 18 anos, publicou três contos na antologia intitulada Pontos da Vida, sua primeira aventura no ramo da literatura. Atualmente dedica-se a escrita de romances, a revisões textuais e pesquisas no ramo da linguística aplicada.

*Livro cedido em parceria com a Editora.





Annabel, Bel, mora em Curitiba, tem trinta e poucos anos, é uma mulher independente e bem sucedida. Não se envolve emocionalmente com nenhum homem e está bem assim. Suas únicas amizades são André, que também é seu chefe, e Glória, sua secretária.  Ela tem a vida que lhe agrada, ou pelo menos assim pensa. Até que um telefonema trás o passado, que ela tanto tenta esquecer, à tona. Devido às circunstâncias, ela precisa voltar para Borborema, a fazenda de sua família no interior, e terá que encarar o seu passado de frente.

"(...) Ninguém gosta de sofrimento sem ter a opção de cessá-lo quando quiser, mas tais experiências foram boas porque nelas me redescobri, vi que podia alcançar novos horizontes e sim, renasci das cinzas, como uma fênix..." (p. 15)

"A pior prisão é ter o coração fechado." (p. 63)

Annabel é fria, determinada, teimosa, sempre encarou seus desafios, mas quando ela se vê voltando para Borborema, receios e dúvidas passam a incomodá-la. Receio porque não sabia como seria recebida por sua família após tantos anos. Dúvidas por não saber como agir e como as coisas aconteceriam. Mais do que a volta para casa, ela irá enfrentar seus próprios fantasmas, e vai ver suas convicções irem por água abaixo, revelando um lado seu que ela achava não mais existir. A autora construiu uma protagonista com um gênio forte, mas repleta de fragilidades, e retratou com maestria todas as nuances dessa personagem tão complexa. A volta à Borborema foi fundamental para que ela pudesse seguir em frente. Humana. Annabel é humana, é real... A personagem é incrível e me conquistou pela sua personalidade e pela forma como enfrentou tudo.

"(...) A esperança estava ali, em forma de um fio delicado e quase invisível, mas estava ali e eu iria me agarrar a ela com todas as minhas forças!" (p. 192)

"(...) Às vezes era tão sensata e madura; e outras tão tola e infantil... Parecia que uma parte de mim sempre seria impulsiva, mesmo que eu quisesse ser contida." (p. 261)

Os demais personagens foram muito bem caracterizados, com personalidades singulares, cada um contribuiu para uma trama rica que conquista o leitor a cada página. Marcela, Lisandro e Ricardo foram os que mais me agradaram.

Dividida em três partes, a história conta com um enredo que envolve família, mentiras, segredos, perdão, paixão e amor. Além disso, fui totalmente surpreendida por situações tensas que eu não imaginava encontrar na trama, mas que foram muito bem inseridas no contexto e deixaram a leitura ainda mais interessante.

"(...) Nunca somos preparados para todas as situações da vida e aquela era insanamente dolorosa. Eu precisava de um ombro amigo e não de um promotor." (p. 309)

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista da protagonista, Borborema é muito mais que um simples romance e mostra como situações mal resolvidas podem nos afetar, por mais que achemos que não. Muito bem ambientada, com detalhes que permitem ao leitor vivenciar tudo como se estivesse dentro da história, personagens cativantes e a escrita fluída da autora, fizeram com que a leitura fosse totalmente agradável. A escrita de Letícia é totalmente envolvente e profunda, e está mais amadurecida. A autora construiu uma história intensa e emocionante, cheia de reflexões, que me faz pensar sobre muitas coisas.

A capa me agradou bastante e é totalmente pertinente à história. A diagramação conta com ilustrações em todas as páginas, páginas amarelas e fonte e espaçamento confortáveis aos olhos, proporcionando uma leitura agradável.



Recomendo!



Beijos. ;)



9 comentários:

  1. Que resenha mais linda desse mundo! Nossa, Aline, você arrancou lágrimas aqui! Fico imensamente feliz em saber que consegui te cativar tanto com esse livro. Ele é todo especial para mim e nem sei descrever como é ver que outras pessoas conseguiram entrar na história assim. Demorei cerca de 4 anos para me despedir da Borborema, pois gostava tanto da história que tinha dó de terminar! (kkkk louca né?) De coração, obrigada a você por todo o apoio desde o início!

    ResponderExcluir
  2. A Letícia arrasa mesmo! Este livro está em minha lista de leitura e a cada resenha fico mais ansiosa para conhecer a história.

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso achei muito interessante é esse livro vai pra minha lista que pretendo comprar um dia kkkk, mais adorei a resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você possa lê-lo um dia, Amanda!

      Excluir
  4. Oi tudo bem, a capa do livro é muito bonitinha, eu já conhecia a obra das redes sociais, mas não é bem o tipo de leitura que eu me sinta afim de ler por hora. Mas gostei muito da sua resenha, muito elucidativa. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Aline, não tinha visto resenha da obra ainda, e a sua foi muito bem vinda. Fiquei bem curiosa sobre os motivos da protagonista ter receio de voltar ´para Borborema. Também gostei do fato da personagem ser real, com sentimentos e características reais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. A capa do livro é linda e a estória parece ser interessante. Esse livro parece ser cheio de mistério, só espero que não foque muito no romance. Eu gostei da descrição da personagem, ela foge do padrão. Gostei bastante da dica, vou procurar esse livro para comprar quando eu tiver algum dinheiro.

    Bjs.

    www.ciadoleitor.com

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Fiz as primeiras impressões dessa obra no começo do ano e simplesmente amei a leitura, tanto que mal posso esperar para continuar. Adorei a sua resenha, espero curtir a obra tanto quanto você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá Aline, interessante a história dessa personagem quando bem construído a leitura fica perfeita. Leria com certeza. Bjkas

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade