quarta-feira, 26 de novembro de 2014
35

[RESENHA] Série Controlados: A Aliança dos Castelos Ocultos - Peterson Silva

Lido em: Novembro/2014
Título: Série Controlados: A Aliança dos Castelos Ocultos
Autor: Peterson Silva
Editora: Bookess
Categoria: Literatura Nacional / Literatura Fantástica
Ano: 2013
Páginas: 472
ISBN: 9788580455465
Skoob
Ótimo!





Sinopse: Na série Controlados, a magia está em todo lugar. Os magos podem alterar os seus sentimentos, os seus pensamentos ou comandar as suas atitudes. Não se pode confiar em ninguém. No primeiro volume da série, A Aliança dos Castelos Ocultos, Heelum está cada vez mais próxima de uma verdadeira e perigosa transformação com a ascenção de grupos contrários à dominação dos magos. Mas estes não estão dispostos a ver a derrocada de seu império tácito, e um grande poder aproxima-se da liderança dos magos, clamando pela união de um mundo fragmentado. A Aliança dos Castelos Ocultos introduz o leitor a um mundo diferente, mas ao mundo em que vivemos: repleto de poderes invisíveis e da busca onipresente por justiça, liberdade e felicidade.

Biografia: Peterson Silva, nascido em 1992 e morador da Grande Florianópolis. Estuda Ciências Sociais na UFSC e é escritor. Gosta também de música, filmes, luta medieval, tecnologia, dança, culinária, entre outros.

Confesso que foi um pouco difícil escrever essa resenha rs. Não havia lido nenhum livro assim. Quando comecei, eu sabia que iria falar sobre magia, mas não da forma como foi apresentada.

A Aliança dos Castelos Ocultos tem uma linguagem própria. Um universo muito oposto ao nosso. Muitos personagens, muitas nomenclaturas e vários núcleos.
Vou tentar repassar tudo da melhor maneira possível!
Como são vários núcleos, primeiro vou falar um pouco de cada um mostrando os personagens principais.
Depois vou relatar minhas considerações.

A trama se passa em Heelum, que creio ser algum tipo de país (segue o mapa pra ajudar a se localizar rs).

A estória já começa um pouco tensa. Em Prima -u - jir, Lamar, se depara com seu antigo desafeto Tornero, enquanto dava uma aula sobre magia. A mando de seu mestre Byron, Tornero estava escondido no meio dos alunos, observando o que estava acontecendo. Quando resolve se mostrar, Lamar entra em desespero e uma discussão se inicia.
“ – Insolente. – Comentou Tornero, com os olhos repletos de desprezo e ardendo em brasas. –  ESCORIA dessa cidade e desse mundo, é ISSO que vocês são! Você é um fracasso, Lamar. Um fracassado. Sempre foi e sempre será. Não se contentou em ter dado errado quando mostrou que era um fraco para a magia... Quis continuar tentando, não é? É claro que encontrou um lugar entre aqueles que acham que todos deveriam ser magos.
- Você não entende, Tornero...
- Você não entende! – disse ele escancarando os olhos. – Você não entende e é isso que me preocupa.” Pág. 08

Em Novo-u-joss, a cidade mais musical de Heelum e berço da guitarra, a banda de rock Buscando, formada por dois irmãos Leo e Fjor, e dois amigos de Leo, Beneditt e Leila, conhecem um agente musical depois de uma apresentação e recebem uma oferta tentadora. E isso pode mudar completamente o destino dos jovens.
“ – Senhor Seimor... Que tipo de acordo era aquele?
- Ora, um acordo! - Respondeu ele, virando-se antes de alcançar a porta. – O acordo que vocês provavelmente sempre quiseram. Colocaremos vocês nas maiores casas de shows de Heelum. Novo-u-joss é pouco. Iremos a Kor-u-een. Al-u-een. Ia-u-jambu. A Cidade Arcaica. – Ele falava em um tom profético,mas átono, como se a certeza fosse, sozinha, responsável pelo formigamento que os músicos, sentindo-se convencer, viam subir aos membros. – As pessoas ouvirão vocês. Conhecerão vocês. Vocês nunca terão que trabalhar de novo.
Viverão de musica. ” Pág. 48

Em Al-u-ber, Amanda e Tadeu, dois jovens apaixonados, filhos de magos que possuem tradições opostas, descobrem que não podem ficar juntos.
“ – Você tem que entender, meu filho, que... Se você ainda fosse... Amigo dela... Se a filha de Barnabás estivesse nos seus círculos de amizade... Isso seria perigosíssimo para você.” Pág 70

Em A-lu-een, a magia era proibida. O povo acreditava que a cidade vivia muito bem sem a dominação dos magos. Mas isso não era bem a verdade. Lenzo, Kan, Hiram, Raquel e Gagé tentarão fazer justiça com as próprias mãos. E as conseqüências não serão muito boas.
“Hiram entrou com dificuldade pela janela e se preparou parar a emboscada, escondendo-se. A menina ainda se debatia como um peixe, mas Raquel a mantinha presa, usando mais força do que nunca, com os dentes raspando um nos outros, olhando diretamente em seus olhos desesperados. “ Pág. 85

Em Ia-u-jambu, Jen, com a ajuda de sua amiga Christine, consegue ajuda de uma Universidade para fazer uma pesquisa sobre monstros.
“ Eu não tenho uma teoria. – Respondeu ela. – E... É por isso que eu quero pesquisá-los. Quero saber mais sobre eles,só que...Para isso eu preciso de dinheiro. “ Pág. 93

 Rumo à Montanha dos Onitos para participar do Conselho dos Magos, o misterioso mago Desmodes, vai colocar em dúvida as atitudes do atual mago-rei de Heelum. E as consequências não serão das melhores.
“ – Por que você não concorda, Desmodes? – Indagou Desdren.
- Fazer dos alorfos e filinorfos foras da lei e tornar o poder dos magos mais visível só vai aumentar a ira e intensificar a ação dos mesmos alorfos e filinorfos. Além disso, vai provocar debate. Se eles devem ser condenados, isso deve ser natural, e não objetivo de polêmica.
- Então supõe que devamos deixar as coisas como estão. – Presumiu Douglas.
- Não. Alorfos e filinorfos se desenvolvem á sombra da inação. Devemos exterminá-los.” Pág. 120

Acho que já deu pra ter uma ideia de como é o seguimento do livro né?

De início, senti falta de um glossário. Como a linguagem é própria, fiquei um pouco perdida. Até me acostumar, não conseguia me lembrar muito bem o significado das palavras rs. Precisei reler algumas coisas para poder entender melhor.
Depois, conforme fui me adaptando, a leitura começou a fluir.

Narrado em terceira pessoa, o livro é dividido em sete partes:
Parte I : A esperança no crime
Parte II : Planos e Caminhos
Parte III: Disfarces e Mentiras
Parte IV: Memória
Parte V : Resistência
Parte VI : Pedidos e arranjos
Parte VII : Brilhante Futuro



A primeira parte é como se fosse uma introdução. A partir da segunda parte, a estória começa a se desenvolver e nota-se que cada núcleo é de suma importância, e que em algum momento um vai se ligar ao outro.

O conceito de magia mostrada nesta trama é bem diferente da que eu conhecia. Encantamentos e poções estão fora de questão. A magia em Heelum é algo muito mais profundo. Está relacionado ao poder, controle mental e da alma.

Vou dar uma breve explicação para algumas coisas que achei super importantes.

Quem domina a magia em Heelum, tem acesso, vamos dizer assim, a uma realidade paralela chamada Neborum. Lá, cada um tem seu próprio Castelo, e somente a alma fica presente, o Iaumo.

Neborum
Neborum é uma realidade diferente. É como se fosse um mundo paralelo que existe dentro da mente de todos. Mas apenas os magos conseguem ver, entrar e agir nele.
Em Neborum, é a alma que está presente, o iaumo, e não o corpo físico.
Lá é onde se podem ver os castelos.

Castelo
O castelo seria a mente de cada pessoa. Cada um possui seu próprio castelo.

A magia
A magia consiste em influenciar as pessoas.  É atacar. Sair do seu castelo e invadir o castelo de outra pessoa, ou entrar nele se a porta estiver destrancada. Uma vez dentro do castelo, pode-se realizar técnicas para influenciar alguém.
É algo perigoso. Podendo levar alguém á maior das alegrias, mas também ao pior dos infortúnios.

Tradições de Magos
Existem três. Os bomins, os preculgos e os espólicos.
Bomins: conseguem provocar sensações e sentimentos. Emoções e vontades.
Preculgos: influenciam o modo como as pessoas pensam.
Espólicos: eles buscam a alma. Vasculham o castelo atrás dele, do iaumo, e quando o encontram, o dominam, o prendem em uma rede de força e a partir daí a pessoa está controlada, completamente.

Alorfos e Filinorfos
Os alorfos querem ensinar magia á todos. Querem conscientizar o povo sobre como a magia opera, para a luta contra a opressão e a injustiça.
Os filinorfos querem acabar com a magia de uma vez por todas. Eles não aceitam o fato de um ser humano dominando o outro. Eles acham que os magos são gananciosos e aproveitadores.

Tem várias explicações bacanas no livro, mas não posso colocar tudo aqui porque vai acabar virando spoiler! Fiquem atentos quando forem ler.

Além dos personagens principais que mencionei anteriormente, existem muitos (muitos mesmo!) personagens secundários que não deixam de ser importantes (vou citar alguns): Myrthes esposa de Lamar e Ramon seu filho; Galvino e Eva, pais de Tadeu; Barnabás, pai de Amanda; Hourin, tio de Lenzo; Desdren, o mago-rei; Robin, um dos membros do conselho dos magos; Dalki, o chefe de polícia; Richard, o guardião das reuniões secretas que auxiliava Jen; Kerinu, cunhado de Lamar; Anabel e Gustavo, amigos de Tadeu e Amanda; e por aí vai... Creio que até essa série terminar, muitos personagens irão surgir. 

E no meio disso tudo, surge Nariomono,ou Narion (prestem muita atenção nesse nome).
Pertencente aos al-u-bu-u-na, uma comunidade (pelo que eu entendi, é como se fossem uma tribo aborígine) que vive no coração da floresta Al-u-bu, Narion é o tradutor da aldeia, responsável pela comunicação com o mundo moderno.
Narion possui algum segredo e vai ser peça fundamental em um grande acontecimento.
Esse é meu personagem favorito até agora!

Quando comecei a ler, eu pensei que não fosse gostar. Mas me enganei completamente! .
Logo depois de terminar a primeira parte, eu fiquei muito ansiosa. Queria ler rápido!
Eu nem sei explicar ao certo o que se passava pela minha cabeça.
Você começa a se envolver com a estória de uma tal maneira,que eu até sonhava com o livro quando ia dormir hahaha.

Nele tem de tudo um pouco: inveja, ganância, política, guerra, traição, amor proibido, busca pelo poder, pela liberdade...

Gostei demais da forma como Peterson descreveu essa estória. Muito bem escrito e muito bem explicado. Parabéns pela bela obra!
E olhem a arte dessa capa, dá até um medinho né?!Adorei!


Enquanto lia, me lembrei muito de Senhor dos Anéis e Game Of Thrones. Eu não li os livros (ainda), mas sou mega fã do filme e do seriado.
A Série Controlados segue essa linha e não deixa nada a desejar. Eu achei fantástica!!!!
Só  senti falta mesmo de um glossário, como já mencionei. Iria ajudar demais rs.

Book Trailer:

Leiam com muita calma, marquem todas as explicações e as palavras, não tenham pressa!
A leitura precisa ser minuciosa!
Nem preciso falar que super recomendo!
E eu, ansiosa que sou, não vejo a hora de ler a continuação.
Peterson, por favor, não me deixe agoniada por muito tempo hahaha!!

E desejo à todos uma ótima leitura!

Beijokas.

http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2014/11/top-comentarista-1-novembro.html








35 comentários:

  1. OI Lu!!!
    Adorei o livro, de verdade, porque conheço poucos autores brasileiros que escrevem fantasia...
    A capa é INCRÍVEL!
    Gostei de ver também que foi criado um contexto novo de magia, o que deixa o livro ainda mais original.
    Se tem magos/bruxos eu já gosto hahaha
    Quantos livros terá a série?
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu! Sua resenha está super bacana, mas este não é meu estilo preferido de livros apesar de sempre me aventurar em todos. Achei a capa legalzinha, mas não leria o livro

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda, tudo bem?

      Puxa, que pena! Reitero você a conhecê-lo porque, já que você se aventura em todos, imagino que vai gostar de uma história que é só ambientada pela fantasia; há bastante crítica social, um pensamento todo simbólico sobre a forma como vivemos. Quem sabe você não acha bacana? ;)

      Obrigado por ler a resenha!

      Excluir
    2. Oi, Peterson! Vou bem e você?

      Que legal ter lido o comentário. Poxa olha que você tocou em um ponto fraco meu. Acredita que gosto bastante dos livros que trazem criticas sociais? Pois é, tenho minha queda por eles, pois sempre vejo que enriquece um pouco mais não somente a história, mas a vida dos leitores também.
      Vendo assim quem sabe eu o leia qualquer dia. Espero gostar

      Beijos
      www.amorliterario.com

      Excluir
  3. Luciana, obrigado pela resenha mesmo!! =D Incrível! Fiquei felizão! =}

    Lembrando que para quem terminou o livro o Universo Estendido tem muito mais: de capítulos comentados a capítulos extras, passando pelo primeiro capítulo do segundo volume (e acesso antecipado a ele antes de todo mundo!) - segue o link: www.seriecontrolados.com.br/ue

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ah, e na versão online tem um glossário ( http://seriecontrolados.com.br/volume1/?page_id=488 ) que vai estar presente no Volume II :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Luh tudo bem, a resenha está ótima e vc conseguiu destacar bem os pontos importantes do livro, fantasia é mesmo complicado de resenhar, quando a núcleos e nomenclaturas diferentes, estou para ler esse livro em parceria com autor e me deixou com mais curiosidade lendo a sua resenha parabéns!
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  6. Olhando para a obra, nem se parece com algo tão bom e nacional, não que sejam ruins, Que legal o mapa, adoro quando livros vem assim, como Nosferatu ou Wow, fica bem criativo a dá pra imaginar um pouco melhor. Achei que o livro deu uma boa explicação sobre o mundo e as magias, separados em cada parte. Tem bastante personagens pelo visto, e ainda vai ter mais livros, o que deixa mais legal e mais ansiosos para quem leu e gostou, o booktrailer foi bem feitinho, vejo alguns que são mal feitos e fico até sem vontade de ler, parece ser cheio de ação e guerras entre os povinhos da vila.
    Beijos, Luciana.
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?
    Não é o tipo de livro que eu curto ler, pois sempre me perco na narrativa. Ainda mais com um vocabulário como esse. Não descartaria a leitura, mas não é algo que me atraia muito. Gosto de livros com magia e esses temas, mas não seria uma prioridade no momento.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu vi um comentário um dia que todo o livro que tem mapa são bons hahaha. Bom, nunca li um livro sobre magia mas tenho uma certa curiosidade. Achei a capa simplesmente magnífica e pelo o que parece captou bem a premissa do livro. Achei bem interessante também o modo do autor ter misturado vários sentimentos e conflitos como você mesmo citou e isso aumentou ainda mais a minha curiosidade. Espero que eu tenha a chance de ler e conhecer esta obra realmente.
    Parabéns pela resenha e sucesso.
    chuvaelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Luciana !
    Que resenha complicada , me confundi na hora de ler aqueles nomes estranhos rsrsrsrrsrs O.o . Nunca li um livro de magia , acho que deveria tentar ...
    Beijos

    http://www.nossaspaixoesopsnossoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi,
    Apesar, de ter o livro O Mago aqui na minha estante, ainda não li nenhum livro de magos. Ainda mais de um autor brasileiro.
    Estou super curiosa para desfrutar desse exemplar.
    O ruim é que tem uns nomes meio complicados.

    ResponderExcluir
  11. Oi, td bem?
    Não conhecia o livro, mas achei interessante o autor criar todo um universo para o livro!
    Temas como magia tbm me chamam a atenção! =)
    dica anotada!
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu. Pela resenha o livro parece ser bom. A capa chama bastante atenção e casa bem com os livros mais procurados do gênero... A preocupação com a inclusão de mapas leva a crer que o livro foi pensado com carinho nos fãs de fantasia. Se tiver a oportunidade, lerei e espero gostar tanto quanto você ;)
    Bjs
    Expressão Moda & Literatura

    ResponderExcluir
  13. Luj adoro temas com Magos , porém achei tudo tão confuso no livro , muitos personagens linguagem própria confundindo tudo, anotar nome ai a leitura não flui . Vou esperar mais resenhas dos outros livros para ver se me animo. beijos lindona

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. oi querida tudo bom achei a maneira que o autor escreveu bem legal,foge um pouco do mundo fantasioso,mesmo sendo um livro de fantasias .rsrsrs me entendeu?
    a maneira que vc abordou cada detalhe foi bem legal,apesar de nao ser meu tipo de leitura eu gostei demais de sua resenha,completa perfeita,e vc citou pontos que deixou a leitura ainda mais instigante,arrasou
    ..super bj www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha, super completa :)

    Adorei o seu blog e já estou a seguir :)

    beijos,
    Daniela RC
    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu ainda estou em duvidas se devo ou não ler esse livro. Ele parece super legal, mas um monte de personagens e detalhes e palavras próprias parece que vai ficar tudo um tanto quanto confuso na minha cabeça. Posso estar enganada, mas... E depois que você completou que lembra O Senhor dos Anéis eu fiquei um pouco mais desanimada. Eu adoro os filmes, assim como O Hobbit e já tentei ler mas a leitura não fluiu muito bem. :\
    Quem sabe em uma próxima oportunidade.

    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  17. Oi Lu.
    Eu não gosto de livros com muitas nomenclaturas e muitos personagens, sempre me perco e preciso retornar a leitura, ou então fazer anotações, não tenho paciência pra isso. Gosto quando a leitura flui, e não preciso ficar me preocupando em gravar nomes pra saber quem pertence a determinado núcleo.
    E tive certeza que a leitura não é pra mim quando você faz comparações com GOT e Senhor dos Anéis.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem? Bom não gostei muito desse livro não. Ah não sei se é bom começar assim com uma série tão grande e cheia de nomes que não funcionam. Acho que muitos autores sonham sem ter os pés no chão. Esses são livros que eu nunca leria.
    Abs
    Maurício Dias
    http://www.sonhosresenhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oiee ^^
    Gosto de livros com magia, mas não são o meu tipo favorito de história. Não conhecia esse livro, mas ver que você gostou tanto me deixou curiosa. Já marquei o nome na listinha :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Ahaaa eu quero aquele mapa para mim!!! *---*
    bjs, se puder comentar nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/11/um-amor-perfeito.html
    e tem promoção no ar:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/11/promocao-de-natal-autora-babi-sette-vai.html

    ResponderExcluir
  21. Bem eu não sei se é eu, mas de acordo com sua resenha o livro me pareceu meio complicado de ler (kkk), mas sabe vou dar uma chance ao livro primeiro porque amo fantasia e segundo porque livros nacionais de fantasia são raridades de encontrar, para você ter uma ideia li somente um livro desse gênero escrito por autor nacional em minha curta vida de leitora. Mas a resenha esta maravilhosa parabéns! ;)

    ResponderExcluir
  22. Lu-flor, que resenha legal! A cada frase, percebia que o autor conseguiu criar uma verdadeira "colcha de retalhos" que, no fim, surpreende pela maneira como cada um deles foi costurado no enredo. Eu adoro isso! Acho de um talento nato quem consegue produzir uma história tão articulada, com tantos personagens e sem, com isso, deixar o leitor desanimado durante a leitura devido a quantidade de informações.

    Para a minha sorte, já tenho o livro (rs). Eu o adquiri depois que a sinopse me atraiu. Ler a sua resenha, no entanto, me fez perceber que vou adorá-lo! *u*

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Não conhecia esta série, aliás, nem o autor na verdade. Achei o enredo bem interessante e por ser nacional, mais um motivo para que eu queira ler.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  24. Oi! Li este livro no começo do ano e também gostei muito, é tudo super diferente e prende o leitor. Foi muito interessante o livro tratar de tantos assuntos e o que mais gostei foi a quantidade de personagens, cada um tendo sua estória. Gostei muito da resenha. :)
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Nossa, adorei conhecer sobre este livro! Ainda não o conhecia, mas agora estou ansiosa para iniciar a leitura, parece ser ótimo! Adoro livros com magia e tenho certeza que irei adorar.. Com certeza tem muitoos personagens, só pelos citados já dá pra notar rs. Imagina poder controlar os pensamentos e os sentimentos de uma pessoa? Deve ser muito legal mesmo..

    ResponderExcluir
  26. Oi Lu !
    Tudo bom?
    Eu não conhecia o livro, e apesar de gostar bastante de histórias que envolvem magia eu não me senti tentada a ler esse livro. Você conseguiu destacar bem os ponto importantes e nos mostrou um pouco do que o autor conta, mas eu me senti um tanto perdida no meio da resenha, infelizmente é um livro que pra mim a leitura seria um tanto devagar e meio que obrigatória. Essa eu deixo pro meu noivo, é a cara dele ;)
    Bjs :*

    ResponderExcluir
  27. Esta obra parece ser muuuito interessante1
    Sem duvidas fiquei muuuito curiosa em conhece-la

    ResponderExcluir
  28. Aline do céu!!!
    Que livro é esse?!?!
    Menina, embora que não sou tããão fã de fantasia, fiquei com muita vontade de ler... E, olha que bacana, é nacional!!!
    Realmente, os autores nacionais estão em alta comigo, tem nos surpreendido com cada livro e suas histórias... Não conhecia o autor e muito menos sobre o livro.
    Amei o Book Trailler :D

    beijos
    Ariana Silva
    https://ariabooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oi Lu,
    Ual, que obra fantástica! Faz alguns anos (desde Harry Potter) que eu não leio algo assim tão complexo e detalhado. Só na sua resenha eu já senti falta de um glossário, que dirá no livro. kkkkkk Eu ainda não conhecia o autor e é a primeira resenha sobre o livro que eu leio. O Brasil está criando mundos fantásticos na literatura, esse parece ser um deles. <3

    Beijos,
    Mari Siqueira
    http://loveloversblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Oi Lu,tudo em
    Eu estou com esse livro para ler em parceria com o autor. Adoro fantasia, é um dos meus gêneros preferidos e a adoro história com magia. Criar um universo próprio, com uma linguagem própria, não é para qualquer um não!!!!!!! Tenho certeza de que irei adorar, sua resenha só me deixou com mais vontade de ler!!!!!!
    parabéns ao autor e sucesso!!!!!!!
    Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos,
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Gostei do estilo do enredo, parece ser bem legal, uma história que com certeza vai despertar o interesse em vários leitores, mas fiquei um pouco confusa com tantos personagens e cidades, enfim, acho que vale a pena ler, quem sabe eu goste.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  32. Não conhecia o livro,mas ele parece ser um daqueles que precisamos ler,essa coisa de realidade prórpia,nomes e termos singulres é muito legal e mesmo que seja difícil memorizá-los,ajuda a criar uma imagem para o texto.

    Vai para wish list.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

Quem Escreve

Aline (Li), taurina, turismóloga, paulista de Ribeirão Preto, apaixonada por séries de TV e compulsiva por livros (se estiverem em promoção, então..rs). Amo ler! :)



Colaboradora

Luciana (Lu), Ribeirão-pretana, virginiana e perfeccionista. Cake Design. Danço nas horas vagas por paixão e para relaxar. Amo artesanato, praia, filmes, seriados e claro, livros!

Seguidores

Facebook

Instagram

Editoras Parceiras





Universo dos Livros


Editora Arwen



Astral Cultural


Chiado 

Editora

Butterfly Editora


Mundo Uno Editora

Últimas Resenhas

Total de Visualizações

Acompanhe via E-mail

Classificação

Pesquisar no Blog

Arquivo do blog

Publicidade